Como diminuir gastos com energia elétrica em uma empresa?

Quando você tem um negócio para administrar, pode não prestar muita atenção às suas contas de energia. Afinal, com uma lista interminável de tarefas, reuniões para participar, clientes para manter e funcionários para pagar, cortar custos de energia provavelmente estará perto do final da sua lista de prioridades.

No entanto, com as contas de energia aumentando nos últimos anos, vale a pena priorizar a economia de energia na sua empresa. Reduzir a quantidade de energia que seu negócio usa pode economizar muito dinheiro, liberando dinheiro para investir em outras áreas do seu negócio.

É claro que a redução do consumo de energia também desempenha um papel importante na melhoria da sustentabilidade do seu negócio.

Ao usar menos energia ou mudar para energia renovável mais eficiente para alimentar os negócios, podemos reduzir a necessidade de combustíveis fósseis e criar um ambiente mais saudável para todos no planeta e talvez ainda ganhar dinheiro com o mercado livre de energia.

Além disso, em termos de redução dos custos de energia da empresa e melhoria de sua própria sustentabilidade, apenas algumas correções rápidas são necessárias para manter os números de consumo baixos. 

O empreendedor precisa entender que a disposição para arriscar e aplicar soluções que economizam energia é fundamental para a manutenção de uma empresa, bem como para o crescimento sustentável.

Para ajudá-lo a reduzir seus custos de energia, detalhamos algumas coisas que você pode fazer, seja uma grande empresa ou uma pequena startup.

Faça uma auditoria energética do seu negócio

Se você não sabe onde está perdendo dinheiro no momento, não pode fazer grandes mudanças. Uma auditoria energética envolve vasculhar todo o negócio e analisar onde as mudanças podem e devem ser feitas.

Desligue computadores e outros dispositivos

Muitas empresas estão lutando para aplicar as regras de desligamento de aparelhos durante a noite, mas isso pode ter um impacto real na sua conta de energia. Ao longo de um ano, um computador de mesa e um monitor de PC custam cerca de R$ 2,00 para ficar ligados um dia inteiro sem uso. Multiplique isso por 50 membros da equipe e, de repente, você pode economizar muito dinheiro por ano apenas desligando o computador durante os períodos de inatividade.

Da mesma forma, as luzes que estão acesas quando não estão em uso podem aumentar sua conta. A maneira mais fácil de reduzir isso é investir em um sistema de iluminação com detecção de movimento.

Você também pode reduzir ainda mais suas contas mudando de lâmpadas fluorescentes para lâmpadas de LED, uma ação simples, mas que pode resultar em economias anuais significativas.

Além disso, as lâmpadas de LED têm uma vida útil de cerca de 10.000 horas, enquanto as lâmpadas fluorescentes têm uma vida útil média de 600 a 1.000 horas, então você também deve substituí-las com menos frequência.

Outra maneira de reduzir os custos de energia que os empresários podem não conhecer é fornecer aos funcionários equipamentos com eficiência energética elevada. Existem aparelhos que entregam os mesmos recursos, mas com um consumo significativamente menor.

Por exemplo, um laptop usa 90% menos energia do que um computador desktop padrão. Ao escolher um eletrodoméstico com classificação energética A+, você pode esperar uma conta de energia mais barata, compensando o preço de compra do eletrodoméstico.

Conforto e custos mais baixos

Por outro lado, você também deseja manter seu local de trabalho fresco à medida que as temperaturas aumentam. Um ar condicionado central típico usa 3.500 watts quando em funcionamento, enquanto o ventilador de teto médio usa apenas 60 watts mesmo em altas velocidades.

No entanto, se você insistir em manter sua unidade de ar condicionado, recomenda-se que seja feita a substituição dos filtros de ar condicionado regularmente, de preferência a cada seis meses. 

Substituir filtros sujos e entupidos por filtros limpos pode reduzir o consumo de energia do seu ar condicionado em 5-15%.

Geladeiras e freezers no local de trabalho também muitas vezes não recebem o melhor cuidado e atenção. Mas reservar um tempo todos os anos para dar um pouco de atenção a esses aparelhos que funcionam continuamente pode reduzir significativamente seu consumo.

Tente introduzir trabalho flexível ou remoto

A certa altura, o trabalho flexível ou remoto parecia mais um sonho, do qual apenas alguns poucos sortudos em todo o país poderiam se beneficiar.

Entretanto, com o surgimento da pandemia do Covid-19 o trabalho remoto se tornou algo que a maioria dos trabalhadores do mundo puderam experimentar.

É evidente que a aplicação de um regime de teletrabalho pode ser útil para gerar economia para as empresas, mas isso só se comprovou à medida que os empregadores foram obrigados pela pandemia, a colocar os colaboradores em home office.

Menos funcionários no escritório significam menos equipamentos em uso, o que certamente é uma boa jogada para a eficiência energética.