Como funciona o serviço de transfer?

Viajar com segurança e conforto é uma demanda generalizada entre os turistas. Para isso, existe o serviço de transfer, que garante transporte rápido e sem demoras na chegada e saída do destino. Confira os detalhes!

Viajar é uma experiência e tanto. Além de nos permitir conhecer novos lugares e pessoas, sair do lugar de conforto da cidade em que se mora propicia uma capacidade de enxergar a sua terra natal e a sua vida de outra forma.

Existem muitos lugares para se visitar e muitos jeitos de viajar. Enquanto algumas pessoas adoram o estilo mochilão — marcado por levar poucas coisas, ficar em hospedagens mais simples e conhecer os lugares por contra própria — outras adoram comprar pacotes de passeio já prontos, ficar em hospedagens mais luxuosas e comer fora todo dia.

É apenas viajando que se conhece qual é o estilo que mais serve para você. Se você está preparando a sua viagem e ainda não conhece como funciona o sistema all-inclusive, veja mais informações a seguir.

O que é o sistema all-inclusive

Esse sistema pode ser traduzido para o português como “tudo incluído” e costuma ser oferecido por resorts. Além da hospedagem, esse sistema garante as principais refeições diárias, atrações do resort e, em alguns casos, o sistema o consumo livre de bebidas (alcoólicas ou não), além de lanches e petiscos.

Outro serviço garantido nos sistemas all inclusive é o transfer, onde os hóspedes são levados com segurança e conforto desde o aeroporto até o seu local de hospedagem.

Assim, eles não só chegam mais rápido, mas também não precisam ficar esperando a chegada do ônibus, metrô ou pagar preços abusivos em táxis. Além disso, o transfer é um meio seguro, sobretudo para quem viaja durante a madrugada.

Como funciona o serviço de transfer

Ao contratar um serviço de transfer, você deve enviar o dia e o horário em que chegará no aeroporto ou rodoviária (considerando o fuso horário local do destino, especialmente se você for para um destino internacional).

Um(a) funcionário da empresa contratada estará te esperando no dia e horário indicados. É sempre bom solicitar antes de viajar o nome do(a) funcionário(a) que vai te receber e, na chegada ao destino escolhido, perguntar o nome dele(a) antes de embarcar no carro.

Além da segurança e do conforto, é importante ter em mente que muitos resorts só aceitam a entrada de veículos autorizados em suas dependências — de modo a garantir a segurança de todos os hóspedes.

Normalmente, o serviço de transfer deve ser fechado com antecedência ao dia da viagem e muitos estão incluídos em pacotes que oferecem a passagem aérea e a hospedagem.

Tipos de Transfer

É importante analisar qual tipo de transfer se encaixa às suas necessidades. Se você vai viajar com várias pessoas, pode ser melhor contratar o transfer em um micro-ônibus.

Se você não tem problema em compartilhar o transfer com outras pessoas, pode escolher ônibus exclusivos fretados. Agora, se você vai viajar sozinho ou com poucas pessoas, a opção mais confortável é um carro exclusivo.

Os tipos de resort também se diferenciam entre os trajetos realizados. O tipo in (ou ida) realiza o percurso entre o aeroporto e o resort, enquanto o tipo out (ou volta) leva o visitante do resort até o aeroporto. Por fim, quem deseja ter ambos trajetos (tanto ida quanto volta) deve contratar o transfer misto (in/out).

É importante analisar a distância entre o aeroporto e o local de hospedagem para verificar se o transfer compensa. Se o aeroporto ou rodoviária está situado em outro município em relação ao resort, com certeza o transfer valerá a pena, não só pelo conforto, mas também do ponto de vista econômico.