Conheça o café arábica

Saiba as características e variedades de um dos grãos mais produzidos no mundo

Os amantes de café sempre pesquisam os melhores grãos e sabem diferenciar, pelo aroma e sabor, quais as diferenças entre cada tipo de café especial. São vários tipos e, no Brasil, a produção é grande e considerada algumas das melhores do mundo — inclusive para suprir o mercado de exportação.

Entre esses grãos especiais, temos o café arábica, um dos mais consumidos. Mas você o conhece e sabe suas características e variedades? Hoje vamos descobrir mais sobre ele em uma jornada de conhecimento.

O que é o café arábica?

A primeira coisa que você precisa saber é que este grão é o que os especialistas chamam de altíssimo padrão, sendo considerado um dos melhores do mundo. Mas o que ele tem de diferente?

Este café é originário da Etiópia, embora seja cultivado em todo o mundo. Na verdade, ele foi um dos primeiros a serem plantados, possivelmente porque ele se propaga muito bem comparado a outras espécies. Na hora do plantio, as altitudes escolhidas são superiores a 800 metros, o que já eleva a qualidade do que é colhido.

Essa espécie é considerada mais fina e requintada que as comuns. Por isso, os cuidados são minuciosos desde o plantio até a hora de ensacar. Todo esse cuidado é o que garante a qualidade, as notas mais complexas e, consequentemente, o valor elevado no mercado. Aqui no Brasil, as melhores produções do café arábica se concentram em:

  • Minas Gerais;
  • São Paulo;
  • Paraná;
  • Bahia;
  • Espírito Santo;
  • Roraima.

Quais as características do arábica?

Seu aroma é intenso e os sabores são bastante variados, bem como os níveis de corpo e acidez. No geral, os sabores do café arábica são mais adocicados e suaves se comparados com o café robusta.

No entanto, na lavoura as plantas são mais sensíveis e até mesmo sujeitas a pragas e outras adversidades. Exatamente por isso que os cuidados para garantir a qualidade do grão são bem maiores. Por isso, quando você encontrar um café 100% arábica, a classificação quer dizer:

  • cultivado a grandes altitudes e em terrenos específicos;
  • plantado em clima ameno;
  • rico em sabor, aroma;
  • com bastante acidez;
  • com notas frutadas, florais ou picantes.

Mas, dentro dessa categoria de café arábica, temos outras variedades e é o que vamos conhecer agora.

Quais as variedades?

O café arábica tem uma grande variedade, tanto que hoje cerca de apenas 25% da produção mundial não corresponde à desse grão. São muitas opções e boa parte dele é cultivada no Brasil. Vamos conhecer alguns:

  • Bourbon: ele se divide em Bourbon vermelho e amarelo. É marcado pela intensidade, pelo sabor adocicado e pela textura achocolatada e suave;
  • Catuaí: também tem as subdivisões vermelho e amarelo, sendo o último mais encorpado. Sua característica é a acidez médica, considerada suave, e o aroma adocicado, que permite seu consumo sem a necessidade de adicionar açúcar;
  • Icatu: os cafés dessa variedade têm aromas florais e cítricos, com acidez cítrica bem destacada. O sabor que costuma se destacar é o caramelo;
  • Catucaí: é a mistura de dois tipos, o Icatu e Catuaí, e também se subdivide em vermelho e amarelo. Sua doçura é característica, assim como a suavidade e a acidez média. Outro ponto marcante são as notas cítricas e frutadas;
  • Mundo Novo: café marcado pelo sabor e alta qualidade. Seu cultivo é feito, sobretudo, em Minas Gerais e São Paulo. O sabor é marcante e o aroma suave, usado não só para beber sozinho, mas também em receitas e drinks variados;
  • Topázio: é a mistura do Novo Mundo e Catuaí amarelo, resultando em um grão bem adaptável. A bebida é de muito sabor, com suavidade e complexidade. Seu aroma é intenso e cítrico, muito usado para cafés gelados.

Mas esses são apenas alguns exemplos. A variedade do café arábica é imensa, assim como as características diferentes entre cada tipo, como foi possível notar. Seja para receitas, drinks, cafés gelados ou tradicionais, basta escolher o que melhor se encaixa no seu gosto e aproveitar toda a qualidade que esses grãos podem oferecer.