5 dicas para administrar as vendas do seu e-commerce

O aumento crescente do número de transações comerciais feitas através da internet tem atraído cada vez mais empresários para o digital. Entretanto, é necessário um pouco mais do que boa vontade e um mercado aquecido para encontrar sucesso criando sua loja virtual.

O e-commerce, que nada mais é do que um site que irá permitir a venda de produtos ou serviços pela internet, parece muito simples, mas assim como gerenciar uma loja física envolve muitos fatores, administrar um e-commerce exige atenção. Vamos abordar a seguir 5 dicas para administrar suas vendas online.

1. ESTUDO E PLANEJAMENTO

A partir do momento que o empreendedor decide que chegou a hora de criar seu e-commerce deve começar o planejamento, definir qual será sua área de atuação e seu público-alvo pode ser o começo.

Identificar seus produtos e quais são as pessoas que você deseja atingir já no início do processo ajudará a definir as estratégias adotadas para a divulgação e gestão do seu negócio online. A comunicação utilizada para a venda de luva de vaqueta para a indústria é diferente da necessária para a venda de bijuterias e acessórios femininos.

2. ESTABELEÇA SEUS OBJETIVOS E MONITORE

Defina claramente onde você deseja que seu negócio chegue. Crie e monitore índices que irão mostrar se suas metas estão sendo atingidas ou não. Monitorar a proporção de visitas em relação ao número de vendas pode ser um indicador valioso que permitirá perceber quais pontos devem melhorar.

3. GESTÃO DE ESTOQUE

O armazenamento adequado dos produtos garante a integridade e qualidade dos mesmos. Já a gestão adequada, que pode contar com o auxílio de sistemas específicos, permite minimizar custos e garantir uma otimização do espaço ao possibilitar o melhor controle da rotatividade por produtos permitindo a reposição proporcional e adequada.

Esse gerenciamento também permite ações específicas voltadas para um compressor parafuso, por exemplo, que esteja sem um volume considerável de vendas mas que esteja disponível em estoque, pode-se adotar estratégias como ações promocionais que estimulem a compra. Dessa forma se libera o espaço para produtos com maior demanda.

4. LOGÍSTICA

O mercado está cada vez mais dinâmico e a agilidade na entrega é um fator decisivo. Atrasos e extravios, além de gerar prejuízos financeiros para o seu negócio podem afetar bastante sua imagem diante do mercado e representar a perda da confiança das pessoas no seu e-commerce.

Portanto, desenvolver parcerias com empresas confiáveis é um ponto importante, assim como o uso de embalagens adequadas para o transporte seguro do produto, como caixa de papelão, por exemplo.

5. CONTROLE FINANCEIRO

Assim como qualquer modelo de negócio, o e-commerce exige controle financeiro eficaz. Há sistemas disponíveis no mercado por valores acessíveis que podem colaborar nessa tarefa, entretanto o gestor precisa conhecer o básico sobre o assunto.

Planeje os custos fixos e variáveis e determine quanto de retorno você espera obter a partir dos investimentos. Tenha controle da emissão de notas fiscais e atente-se para o correto pagamento de impostos e tributos.

Afinal, o e-commerce se tornou a solução para muitas pessoas se manterem ativas no mercado, entretanto, gerenciar uma loja virtual é muito mais do que disponibilizar fotos dos produtos online e apresenta grandes desafios. Seguindo as estratégias corretas e mantendo o controle constante é possível garantir grandes resultados para o seu e-commerce. 

Este artigo foi escrito pela equipe do Soluções Industriais.