Como reciclar baterias de celular?

O que não falta no mundo atualmente são celulares, todos os anos milhares de pessoas trocam de celular e com isso vai se formando pilhas e mais pilhas de baterias de celulares por aí.

Nós sabemos que podemos levar para a reciclagem, mas pela falta de informação acaba que descartamos no lixo comum mesmo, o que é errado, pois a bateria contém substâncias que vão contaminar o solo. 

Vamos te ensinar tudo o que você precisa saber, sobre reciclar baterias de celulares e não descartar de maneira irregular. 

Atualmente é muito mais fácil encontrar lugares que tenham coletores de baterias usadas, pilhas, e até o cabo lightning. Em supermercado, faculdade, shopping, entre outros lugares que tenham esse tipo de coletor, ficou muito mais prático fazer esse descarte.

Fique com a gente e veja várias informações sobre como fazer esse tipo de descarte corretamente e muitas outras informações que talvez você não saiba a respeito das baterias. 

Como reciclar a bateria do seu celular?

Elas têm um alto valor econômico, já que elas contêm metais (cobre, lítio e alumínio), com um grande valor no comércio, isso faz com que a sua reciclagem se torne viável. 

Algumas substâncias como cobalto, níquel, cobre, cromo, entre outros elementos, podem ser restaurados e transformados em outros produtos, como, por exemplo, uma nova bateria, aço inoxidável, alto-falantes.

Você pode levar a sua bateria para ser reciclada em vários pontos espalhados por sua cidade, como no mercado, shopping, faculdades, ou procurar por alguma loja autorizada e levar sua bateria ou outros itens que deseja reciclar. 

Tipos de bateria

Com os novos celulares, veio também a evolução das baterias. Mas a mudança por baterias de íon-lítio e lítio-polímero vem desde os anos 90. 

Essas duas opções são evoluções das baterias mais ultrapassadas, que agora podem armazenar uma maior capacidade de energia, e sendo mais leves e poluindo menos. 

Essas duas baterias tem uma vida útil estimada em 5 anos, porém isso depende muito de como essa bateria é utilizada e conservada. Confira algumas informações importantes entre às duas.

Íon-lítio

  • Menor custo;
  • Faz o uso de solventes líquidos*;
  • Faz a recarga mais rapidamente;
  • Quando exposta em grandes temperaturas, ocorre uma maior descarga;
  • Esquenta a bateria. 

*Solventes líquidos: nos casos de falhas na fabricação, os circuitos de proteção, podem não funcionar e pode ocorrer um curto circuito na parte interior da bateria, fazendo com que a bateria esquente mais e ocorra a evaporação dos solventes.

Isso pode ocasionar incêndio no aparelho.

Lítio-polímero

  • Maior curto;
  • São mais seguras, pois não tem a presença de solventes líquidos, que faz com que não haja incêndios ou explosões;
  • Aguenta grandes temperaturas e sobrecargas;
  • Menor peso e compactas.

Meio ambiente 

Embora as baterias mais novas tenham uma menor chance de poluição. Elas têm uma composição com substâncias como, cobre, manganês, ferro, alumínio, cobalto e níquel.

Esses elementos são bem tóxicos e muito prejudicial para o meio ambiente e também à saúde, quando são se desfaz de maneira incorreta.

Você sabia que o lítio é um metal extremamente tóxico, aliás é o metal alcalino mais tóxico. No entanto, não se tem provas de que ele é prejudicial à saúde humana. 

Ele é um metal inflamável e oferece riscos quando é exposto ao fogo ou em grandes temperaturas. E isso pode causar fumos danosos à saúde.

Temos que ter muita consciência ao descartar esse tipo de lixo como as baterias e pilhas, pois seus materiais podem ser muito nocivos à saúde. Quando são descartados de forma incorreta, vão parar em aterros sanitários ou em lixões.

Descartados de forma incorreta, esses itens vão parar no aterros, liberando substâncias tóxicas, que vão contaminar o solo e consequentemente os lençóis freáticos.

Os elementos são geralmente mercúrio, chumbo e cádmio. Essas substâncias também podem ser danosas para os próprios aparelhos. 

Por isso recomenda-se que se retire a bateria dos aparelhos, no momento em que eles param de funcionar para evitar vazamentos.   

No ano de 201, foi criada uma lei, que define corretamente sobre os descartes, reciclagem,  transporte de pilhas e baterias. Segundo a lei, é obrigação dos fabricantes receber de volta as baterias e pilhas, para dar um descarte ideal.

Assim vai reduzir a contaminação do meio ambiente e vai ser menos prejudicial à saúde. E para os consumidores, a lei determina que devemos descartar esse tipo de material, em locais de coleta específicos para isso.

Esses pontos podem ser encontrados em diversos locais, como já citado aqui, inclusive nos postos de vendas e nas fábricas. E se acaso não puder levar as baterias ou pilhas para o local correto de descarte imediatamente. 

O ideal é que a bateria ou pilha seja guardada com cuidado em local fechado ou em uma sacola plástica, até que você possa levar para o local de coleta seletiva, para ser descartado de maneira correta.