É lançado no Brasil filtro antiviral para ar-condicionado de carro

Empresa brasileira desenvolve filtro que tem eficácia de 99,999% contra o coronavírus e já estuda exportar o produto para Europa e Estados Unidos.

Depois de quase um ano de vários estudos e testes, o primeiro filtro antiviral do Brasil foi lançado oficialmente e já está disponível no mercado automobilístico.

Assim, você pode comprar carros usados na Karvi e instalar o equipamento voltado ao ar-condicionado de veículos, trazendo mais proteção contra o coronavírus. Produzido pela empresa paranaense MIL, que já atua nos ramos de filtros e purificadores, o novo produto foi patenteado como MIL Protect. 

Veja como funciona o antiviral para ar-condicionado de carro 

Certificado com 99,999% de eficácia contra o coronavírus por um laudo técnico da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), o filtro antiviral foi desenvolvido justamente para eliminar bactérias e vírus dos veículos por meio de uma barreira física e tratamento químico.

Com ele, são evitadas poeiras ou gotículas assim como qualquer tipo de impureza que possa entrar no carro pelas frestas do ar-condicionado. Único produto sendo ofertado até o momento no Brasil nesse segmento, o MIL Protect garante segurança ao motorista e demais passageiros e atua diretamente na circulação de ar tanto de carros quanto de ônibus.

Na prática, quando as gotículas de ar entram em contato com o filtro, o agente antiviral elimina o vírus, quebrando a membrana externa do coronavírus. Inclusive, o produto é atóxico tanto para seres humanos quanto para os pets. 

Segurança dentro dos carros

Em nota emitida pela empresa MIL, a segurança é uma das principais garantias para quem adquire o filtro antiviral para ar-condicionado. De acordo com a Profa. Dra. Clarice Weis Arns, responsável pelo laudo do Laboratório de virologia do Instituto de Biologia da Universidade Estadual de Campinas, a conclusão é que o produto inibe em 99,999% o coronavírus.

“Pode-se concluir que o produto filtro automotivo plissado com poliéster com aditivo antiviral (nome técnico do MIL Protect) foi eficaz para a inativação de partículas virais e, portanto, recomendamos o uso como potencial agente virucida para o combate ao grupo coronavírus”, informou a bióloga.

Segundo a CEO da MIL, Andreia Dalto Montanha, a ação do filtro protege todos os integrantes do carro, mas é necessário que os ocupantes também utilizem máscaras para evitar a transmissão por contato direto. Inclusive, o filtro é indicado para carros que são utilizados em aplicativos de mobilidade urbana, veículos que recebem grande quantidade de passageiros ao longo do dia. 

Autonomia e oferta no mercado

A autonomia do MIL Protect é de seis meses em uso contínuo, podendo ser adquirido na versão aromatizada com perfume de lavanda. A atual capacidade de produção da empresa, que tem sede em Araucária (PR), é de 700 mil filtros por mês para atendimento do mercado interno. Nos últimos meses, a procura pelo produto vem crescendo no país por conta do aumento dos casos de coronavírus.  

Existe também a possibilidade do MIL Protect ser exportado para Europa e Estados Unidos por meio da filial da empresa que fica em Portugal, com parceiros na Flórida. A compra pode ser feita em distribuidores espalhados por todo o Brasil e a empresa pretende aumentar a capacidade de produção para 1,3 milhão de unidades por mês até o final de 2021.

Isso porque a demanda é crescente pelo fato de a pandemia ainda não ter sido controlada no Brasil. Outro projeto em análise pela companhia é a elaboração de um filtro antiviral para uso em aviões. Diante da eficácia comprovada, inúmeros motoristas já estão inserindo o produto nos carros. Afinal, trata-se de um investimento que salva vidas.