O que é Call To Action e como pode te ajudar a alcançar mais clientes?

A expressão Call To Action, conhecida em português como “chamada para ação” é uma frase, indicação gráfica ou gatilho que tem como objetivo incentivar os potenciais clientes a desenvolver uma ação.

Nas ações que envolvem marketing de conteúdo, como artigos para blog, e-books, landing pages ou e-mail marketing, o CTA é um comando indispensável.

A ideia central do comando é gerar conversões e atrair clientes, portanto, é preciso escolher as palavras certas para uma boa estrutura.

Quer saber mais sobre o potencial dessa estratégia para alcançar seu público-alvo? Você está no artigo certo. 

Nas próximas linhas vamos abordar o que é, como fazer e quais são os benefícios do CTA no marketing digital. Leia mais!

 

O que é Call To Action e como aplicar a estratégia?

 

Não importa se você tem uma empresa de pintura residencial ou um negócio especializado no aluguel de equipamentos de construção civil, despertar a atenção do cliente é fundamental para fechar parcerias, certo?

Uma das formas que ajuda a atrair essa atenção é o uso de recursos textuais que causam impacto e provocam uma ação direta essa é a função do CTA. Esse gatilho pode ser usado em formato de imagem, hiperlink ou frase estratégica. 

Um exemplo prático: o departamento de marketing de um centro de bem-estar está com o desafio de montar uma campanha com os benefícios da acupuntura, e precisa fechar algumas sessões.

Imagine que uma das estratégias usadas foi a produção de conteúdo em vídeos de até um minuto, com temas diversos, como acupuntura para emagrecer, acupuntura como cura , prevenção de doenças e alívio da dor.

No Youtube, uma chamada para ação seria pedir para a pessoa se inscrever no canal ou clicar em algum hiperlink na descrição do vídeo ou tela que direciona para outro material.

No caso de um e-book sobre o assunto, disponibilizado em uma landing page, optar por termos que fazem uma oferta vantajosa para o leitor é um caminho. 

Veja alguns exemplos:

  • Insira seu e-mail e receba de forma GRATUITA um e-book;
  • Baixe agora um e-book completo sobre os benefícios da acupuntura;
  • Receba o material gratuito e agende sua sessão de acupuntura;
  • Cadastre seu e-mail e receba o guia definitivo da acupuntura.

Em outra situação, na qual o cliente está direcionado a concluir a compra e precisa do talão de pedido, também é possível utilizar o CTA – o que é facilmente visível em diversos sites. 

Nos e-commerces e lojas virtuais, esse recurso pode orientar o cliente a finalizar o pedido e efetuar o pagamento, com hiperlinks ou frases como “clique aqui e finalize sua compra” ou “veja os itens que estão no seu carrinho de compra”.

 

Saiba como construir um CTA

Não basta pensar em uma frase de impacto. Construir uma chamada para ação requer estratégia e um contexto que faça sentido para o leitor.

Se a sua empresa deseja vender ferramentas para procedimentos industriais, como o filtro manga, que serve para separar pós e filtrar partículas, você pode destacar os benefícios no CTA com números. Um exemplo desse modelo é: compre o filtro agora e garanta 15% de desconto.

É muito importante aliar as frases à jornada de compra da persona para gerar a conversão desejada. 

Se uma pessoa acaba de descobrir o seu produto e não tem muitas informações, para ela o que faz mais sentido é clicar em CTAs que ofertam soluções para tirar suas dúvidas e não fechar uma venda. 

Contudo, cada caso tem suas especificidades e cabe avaliar os objetivos da estratégia.

Separamos algumas situações comuns que podem te ajudar a alcançar mais consumidores com esse recurso. Veja:

  1. Assine a newsletter e receba conteúdos exclusivos

Para alcançar e engajar clientes, nutrir um relacionamento com eles por meio de conteúdo relevante é fundamental. 

Se o seu cliente ideal é um motorista que pretende trocar ou vender o carro em breve, ele pode se interessar por conteúdos específicos como a necessidade da vistoria cautelar veicular – que é uma espécie de check-up do estado geral do veículo.

Caso você tenha um blog especializado sobre o assunto, ou tenha escrito um artigo especial, vale criar um recurso visual com alguma frase que peça para a pessoa assinar a newsletter em troca de dicas exclusivas.

O CTA precisa ser verdadeiro, ou seja, nada de informação duplicada para a conversão não ser perdida.

  1. Converse com nossos especialistas e receba uma avaliação

Quem não gosta de receber consultorias ou avaliações gratuitas?

Caso o seu empreendimento promova ações como um teste de avaliação para consumidores que investem no aluguel gerador, ou uma análise sobre as demandas da empresa, utilize isso como CTA e aumente as chances de conversão.

O legal da conversa com o especialista é que esse é um passo mais perto da venda. Vale lembrar que esse tipo de gatilho combina mais com a etapa de fundo de funil, que faz referência à decisão de compra.

Outros exemplos de gatilhos podem ser utilizados em situações nas quais sua empresa deseja receber feedbacks e comentários, compartilhamento de posts, interações com parceiros, download de materiais, entre outros.

Formato de CTA

O formato do CTA pode influenciar no seu poder de atração e conversão, sabia? 

Por isso, escolha um tamanho adequado, uma cor que se destaca e uma posição estratégica para utilizar esse recurso. 

Caso a chamada seja mais interativa, como é o caso de um botão, é importante destacar a visibilidade deste item.

Profissionais da área acreditam que CTAs que são inseridos na lateral, rodapé e final de página despertam maior atenção do leitor. 

Independentemente do formato, veja algumas dicas para montar uma boa chamada:

  • Faça testes de usabilidade;
  • Verifique se os hiperlinks estão funcionando;
  • Estude uma cor estratégica;
  • Opte por verbos no modo imperativo (faça, baixe, agende, compre);
  • Teste os botões.

CTA: da atração a conversão

Mais do que nunca, as estratégias do que se entende por marketing 4.0 são cada vez mais focadas no entendimento das pessoas, seus sentimentos, necessidades e comportamentos.

Porém, ainda é válido resgatar alguns conceitos, como o AIDA (Atenção, Interesse, Desejo e Ação), que está relacionado ao potencial do call to action na hora de atrair clientes por meio de um blog corporativo.

Na etapa da atenção, o foco é atrair e, obviamente, chamar a atenção. Isso pode ser feito com um recurso visual, uma frase de impacto ou uma oferta tentadora, como algo do tipo: “marque sua lavagem de carpete agora e ganhe uma higienização de cortina”.

Como o nome sugere, a fase do interesse é fisgar a atenção do leitor de acordo com os interesses dele. Por isso, estude bem a persona do blog ou site, para produzir materiais que ele não vai encontrar na concorrência.

O desejo é o que precede a compra. Portanto, chamadas que ressaltam os benefícios de uma oferta é interessante.

Na ação, é hora de utilizar uma linguagem assertiva, que desperte o senso de urgência e faça com que o leitor efetue a ação desejada. 

No caso de um serviço de limpeza e reforma de fachada, você pode utilizar exemplos como:

  1. Faça a reforma da fachada e mude a primeira impressão do visitante;
  2. Agende a reforma da sua fachada e ganhe descontos;
  3. Clique no link e agende a reforma da sua fachada agora mesmo.

Benefícios do Call to Action

O CTA é uma forma de orientar seu cliente em relação ao próximo passo da jornada de compra dele. Toda chamada para ação tem um objetivo, uma reação e uma consequência.

Você pode conseguir e-mails de cadastro, preenchimento de formulários, respostas de enquetes e até agendar reuniões a partir desse recurso que instiga uma ação. 

Ao oferecer recursos interessantes, como cupons de desconto, materiais exclusivos e informações que essa pessoa não encontra facilmente, a tendência é gerar um movimento maior e mais conversão na sua página.

Por causa de um CTA bem construído, você pode fechar uma venda, direcionar a pessoa para uma leitura de outro artigo, conseguir dados ou influenciar uma decisão.

Com tantos benefícios assim, definir os objetivos da chamada, estudar a melhor linguagem, escolher as palavras e as cores mais assertivas é fundamental. 

Utilizar ferramentas para mensurar a taxa de cliques de um artigo, o número de downloads de documentos e outras métricas é algo que pode te ajudar a medir os benefícios do CTA na prática.

Agora que você sabe um pouco mais sobre as funcionalidades desse gatilho, que tal planejar suas próximas ações? 

Tudo começa pela estratégia da marca, bem como a meta desejada e as recompensas que a empresa pode disponibilizar para chamadas mais atrativas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.