Pensando em estudar TI? Saiba como se destacar nessa área que cresce cada dia mais

Todo mundo sabe a importância que a tecnologia assumiu nos dias atuais, tanto para nossas rotinas, quanto para os negócios das grandes, médias e até pequenas empresas. O que nem todo mundo sabe é o quanto a área de Tecnologia da Informação é promissora, e que nos próximos anos chegarão a faltar profissionais dessa área.

Os dados são da própria Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom). Para você que vai ingressar nessa área, porém, há algumas dicas de ouro que precisam ser levadas em conta.

Então, se você quer ficar por dentro dessas novidades e não perder nenhum detalhe sobre esse assunto encantador, siga adiante na leitura deste artigo.

Como perceber a TI no nosso dia a dia

Há muitos dados que confirmam a importância e as vantagens do setor de TI. Também o IDC Brasil, que é o “International Data Corporation”, uma autoridade em termos de pesquisa de mercado e consultoria, verificou que só no último ano o setor já cresceu mais de 10%.

De fato, nem é preciso contar com muitas pesquisas: só de olhar em volta já é possível ver a presença dos PCs (personal computers, que podem ser desktops ou laptops), dos smartphones, dos tablets, da internet e até das impressoras cada vez mais avançadas.

Hoje uma impressora 3D profissional pode “imprimir”, ou seja, produzir do zero uma peça totalmente tridimensional, feita de diversos materiais e/ou matérias-primas. As aplicações para essa tecnologia são revolucionárias:

  • Indústria de plásticos;
  • Itens hospitalares e médicos;
  • Indústria têxtil e de moda;
  • Arquitetura e design;
  • Doces e alimentação, etc.

A tecnologia como um todo tem transformado cada vez mais o nosso dia a dia, de tal modo que as gerações atuais vivem um mundo totalmente diferente do de poucas décadas atrás. Perceber isso pode ser um dos maiores motivadores para você se destacar na área.

A importância da autoanálise vocacional

É imprescindível você fazer uma autoanálise de cunho profissional/vocacional. A verdade é que TI não é apenas lidar com as tecnologias que vemos no dia a dia, ao menos não no sentido de desfrutar dessas vantagens e até do aspecto lúdico desses recursos.

É preciso entender que existem aspectos lógicos, matemáticos, de programação, de engenharia e até exercícios complexos nesse nicho. Tudo isso é intrínseco à área, e não é algo que possa ser negligenciado durante os anos de faculdade ou cursos.

Hoje em dia vemos, em várias guaritas e portarias, sistemas de controle de acesso linear. Este é um exemplo de aplicação da área de TI, o qual envolve aspectos de um celular e de uma webcam, é verdade, porém vai muito além disso.

O controle de acesso lida com questões de biometria, de receptores integrados, de automatizadores via hardware e software, de alarmes e daí por diante. Todos esses conceitos, e muitos outros, podem fazer parte da rotina de um engenheiro de TI.

Esse exemplo é muito ilustrativo. Portanto, se você tem certeza do curso que quer fazer e pretende se destacar, é preciso, antes de tudo, preparar-se por meio de todo tipo de material que você encontrar a respeito. A própria internet pode ajudar muito nisso.

Horizonte de atuação do engenheiro de TI

Um aspecto fundamental de toda faculdade são os estágios. Neste caso, isso é ainda mais verdadeiro, e pode ser levado em conta desde o início, pois facilmente dá para saber se uma faculdade tem ou não parceria com boas empresas/indústrias.

É enorme a quantidade de atuações possíveis na área de TI, tais como:

  • Programação mobile;
  • Administração de banco de dados;
  • Segurança da informação;
  • Programação e suporte técnico;
  • Qualidade e inspeção de software;
  • Administração de redes, etc.

Se o aluno se interessa muito pela parte de software, por exemplo, e já está em um semestre avançado, facilmente poderá buscar estágio na área de sistema supervisório e outros sistemas de tipo SCADA (Supervisory Control and Data Acquisition), que lidam com monitoramento industrial.

Um dos piores índices do ramo da educação é ver a quantidade de alunos que se formam, recebem o diploma e acabam não atuando na sua área. Portanto, verificar um horizonte de estágios é também um dos principais conselhos para quem quer se destacar.

Outro exemplo é a área de laudo de vistoria veicular e demais frentes do DETRAN, antigo DSV (Departamento do Sistema Viário), que hoje contam bastante com engenheiros formados na área de TI.

Neste caso, você precisa especializar-se para prestar concursos, os quais estão entre os principais interesses da área. 

Sendo assim, cogitar esse horizonte desde o início também pode ser uma dica preciosa como modo de economizar tempo e desenhar a melhor estratégia para, futuramente, destacar-se como profissional da área.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.