Quais os modelos de calcinha que existem?

Você prefere fio dental? Ou a sua praia é a tanga? Conheça todos os tipos de calcinha e invista nos ideais para o seu corpo!

Presentes em quase todos os momentos, as calcinhas são essenciais no closet e no dia a dia de toda mulher. Mas, muito além do que se acredita, essas peças íntimas não são todas iguais. Atualmente, o público feminino pode contar com inúmeros modelos — uns, mais confortáveis; enquanto outros, com uma proposta mais ousada e sensual.

Assim, ao fazer as suas compras de lingerie sempre será interessante explorar as versões disponíveis para acertar em cheio na escolha. E não é só isso: durante essa etapa, é possível investir nas peças que melhor se adequam ao corpo e valorizam os seus pontos positivos.

Pensando nisso, viemos até aqui para te ajudar nessa missão. Abaixo, conheça todos os tipos de calcinhas da atualidade, as suas características e tenha mais facilidade ao adquirir a sua. Vem!

Biquíni

Primeiramente, vamos te apresentar o modelo de calcinha mais famoso — e utilizado — de todos os tempos. A opção biquíni apresenta a cintura mais baixa e as laterais larguinhas. Já a parte de trás é bem coberta.

Uma vez no corpo, a versão é super confortável e conversa bem com todos os tipos físicos. No entanto, mulheres que possuem os quadris largos tendem a se adequar melhor ao formato. Tal alternativa ainda é ótima para o dia a dia, conseguindo te acompanhar nos looks de escritório ou até em eventos mais sofisticados.

Tanga

Ao lado da versão biquíni, está a famosa calcinha tanga. Sem dúvida, você já deve ter visto ou até usado esse modelo em algum momento. Amplamente presente no cotidiano da mulher contemporânea, essa opção também é confortável, mas apresenta algumas características diferenciadas.

A primeira? As suas laterais são mais finas, enquanto a parte de trás é conhecida por cobrir menos o corpo. Com isso, o seu recorte é considerado “meio-termo”. Ou seja: não esconde muito e também não deixa muita pele à mostra.

Ainda é válido ressaltar que essa peça é bem versátil. Ao longo da semana, ela pode ser usada para cumprir os seus principais compromissos, indo desde uma reunião, até viagens ou atividades físicas.

Fio dental

Como falar dos tipos de calcinhas sem citar o fio dental? Clássica, essa peça possui a parte da frente menor, com laterais fininhas. A área traseira, por sua vez, é mais cavada — detalhe que ajuda a valorizar o bumbum e torna o modelo excelente para os momentos especiais.

Outra vantagem do fio dental, é que essa versão dificilmente irá marcar as suas roupas. Portanto, é uma ótima saída para quem deseja utilizar um look bem justinho ao corpo. No mercado de underwear, existem soluções para todos os gostos: de tonalidades variadas, com rendas ou materiais mais simples, como a microfibra.

String

Podemos dizer que as calcinhas string consistem em um mix dos modelos tanga e fio-dental. Isso porque, as suas laterais são bem finas e, em alguns casos, até ajustáveis. Já a sua parte traseira apresenta um recorte mediano.

Normalmente, essa opção é muito utilizada por mulheres magras e que desejam realçar o quadril e destacar a silhueta. Para garantir um modelo mais confortável, a dica é investir nas versões produzidas em materiais macios, como aquelas que apresentam o fundo em algodão.

Caleçon

Algumas mulheres a chamam de shortinho. Outras, de calcinha-box. Seja como for, a caleçon é mais um modelo que merece fazer parte da sua gaveta de lingeries. Isso porque, essa peça é uma das mais confortáveis que existem.

Tudo isso, graças ao seu recorte em cintura alta, com as laterais bem largas e a parte traseira que cobre quase todo o bumbum. Por essas e outras, a caleçon é ideal para quem preza por mais bem-estar, além de ser excelente para usar com vestidos e saias.

Porém, muita atenção: essa opção não é ideal para vestir com roupas apertadas demais, já que pode marcar o visual. Esse é o caso dos vestidos com modelagem tubinho e das calças legging.

Hot pants

Por último, temos as queridinhas hot pants. Bem parecida com a caleçon, essa versão também apresenta as laterais larguinhas e cintura alta. A diferença, porém, é que esta não irá cobrir completamente as nádegas, mas sim, deixá-las um pouco em evidência.

Devido às suas características, esse modelo é bem versátil e é frequentemente utilizado para camuflar as gordurinhas na região abdominal. A hot pants também pode ser confeccionada em materiais de alta compressão ou em tecido duplo. No dia a dia, a peça fica incrível quando utilizada com calças de cintura alta, saias e vestidos.

Como vimos, existem vários tipos de calcinhas que podem ser utilizados. O ideal é escolher aquele que melhor valoriza o seu corpo e consegue garantir o máximo de bem-estar ao longo de suas atividades.

Com essas dicas, ficará mais fácil acertar na compra e garantir a autoestima que você precisa para vencer os desafios da semana. Aproveite!