Saiba como identificar uma lesão causada pela cárie

como identificar uma lesão causada pela cárie

Ter uma boa higiene bucal é de extrema importância para evitar problemas com seus dentes e gengivas, como, por exemplo, a tão temida cárie. Muitas pessoas sabem identificar a presença desta doença só após a presença de buracos no dente ou dores.

Além de prezar pela limpeza dos dentes logo após as refeições, realizar consultas regulares no dentista é essencial para manter a boa saúde. Caso tenha o benefício do plano odontologico para mei, essas visitas e até procedimentos podem ser barateados.

Neste artigo, vamos falar sobre a cárie e seus sintomas para saber como identificar ainda os primeiros sintomas. Confira!

O que é cárie dentária?

Primeiramente, é necessário resumir e entender o que é a cárie dentária e como é desenvolvida.

A cárie é uma doença que afeta permanentemente a superfície dos dentes, criando pequenos orifícios. Uma das doenças dentárias mais comuns no mundo, acomete principalmente crianças, adolescentes e idosos.

No entanto, qualquer pessoa, independentemente da idade ou sexo, pode ser afetada, afinal ter uma má higiene bucal pode acontecer em qualquer faixa etária.

Em sua fase mais grave, as bactérias da cárie podem causar a queda dos dentes, atingir a gengiva e até mesmo comprometer a arcada dentária por completo.

Essa doença demanda procedimentos de restauração em consultórios odontológicos, sejam particulares ou que atendem plano odontologico para empresas.

A cárie dentária é causada por uma combinação de fatores, como:

  • Má escovação;
  • Ingestão de açúcar em excesso;
  • Consumo de bebidas alcoólicas;
  • Vício em tabaco.

 Além de reduzir o hábito de comer doces, beber drinks alcoólicos e diminuir o uso do cigarro (até mesmo o eletrônico), é importante prezar por uma boa limpeza dental.

Especialistas da odontologia recomendam escovar os dentes após todas as refeições e utilizar o fio dental.

Os impactos da cárie ao longo do tempo

Se não for tratada adequadamente, a cárie pode se desenvolver e levar a problemas mais sérios que requerem tratamento de canal, um processo mais invasivo para remoção de placa bacteriana e restauração do dente.

Além dos canais radiculares, esse problema pode resultar na extração ou levar à perda, exigindo uma restauração completa do dente perdido e outras dentições afetadas.

Visitar o dentista, periodicamente, para uma limpeza dental é também uma ótima maneira de evitar que restos de alimentos ricos em açúcar fiquem em contato com os dentes.

Mesmo que use uma faceta de porcelana nos dentes da frente, deve limpá-la adequadamente para que as bactérias não se multipliquem na estrutura e, mesmo os modelos fixos, não retenham resíduos nas cáries.

Se você tiver beneficios plano odontologico empresas, é muito provável que ele cubra esse procedimento, basta procurar por um consultório que atenda o seu convênio. 

Os principais sinais de cárie dentária

Para tratar o quanto antes, é importante entender os principais sintomas que surgem. Inspeções regulares por profissionais são essenciais para identificar um potencial de cárie. Confira os principais sinais a seguir:

  1. Sensibilidade a altas e baixas temperaturas

A presença da sensibilidade ao ingerir alimentos frios ou quentes pode ser um sinal de cárie. Isso porque, à medida que a bactéria afeta o esmalte, ele começa a se desgastar, afetando a camada dura logo abaixo, conhecida como dentina.

Portanto, ao comer algo com temperaturas extremas, as células dentárias e os nervos são estimulados, criando uma resposta à dor pela exposição. Esta estimulação produz uma sensação de sensibilidade e “dor”.

  1. Mau hálito

O mau hálito ou halitose pode indicar que você desenvolveu cárie dentária. Contudo, não é o odor que vem de não comer ou escovar os dentes por muito tempo, mas sim, um cheiro forte, mesmo quando você está escovando.

Isso ocorre porque os alimentos tendem a permanecer mais no dente lesionado à medida que atingem a polpa, causando o aparecimento do mau hálito. 

  1. Manchas nos dentes

A presença de manchas é incomum, mas elas podem aparecer se você tiver com os dentes cariados. 

Pacientes com cárie podem notar dentes manchados devido ao acúmulo de bactérias e da cárie dentária.

Nestes casos, é importante ter uma avaliação de um profissional, pois, muitas pessoas podem acreditar ser apenas pelo consumo de alimentos com corantes e recorrer ao clareamento dental.

No entanto, esta prática pode mascarar a verdadeira causa e, até mesmo, causar uma piora nos sintomas.

  1. Dor e buracos no dente

Os sintomas mais conhecidos são esses. Isso porque, a dor tende a piorar após a alimentação e o aparecimento de buracos acabam sendo percebidos pois é possível sentir a entrada do ar nesta cavidade ao abrir a boca.

É importante reforçar que, caso você já esteja com esses sintomas, é essencial marcar uma consulta pelo plano odontologico para microempreendedor individual ou dentista particular imediatamente.

Como prevenir a cárie dentária

Precisamente, a principal e mais eficaz maneira de prevenir a cárie dentária é a escovação adequada e contínua. Além disso, alimentos ricos em açúcar devem ser evitados, assim como o uso excessivo de cigarros e bebidas alcoólicas.

Visitas regulares ao dentista também são essenciais para acompanhar sua saúde bucal e fornecer um tratamento eficiente caso você sinta alguma dor ou sinal de cárie.

Afinal, os profissionais ainda podem verificar outras situações que favorecem a ação bacteriana, indicando procedimentos e novas práticas de higiene.

 Por fim, o uso de flúor com um profissional é decisivo para o controle de bactérias, evitando que se acumulem e causem cáries dentárias.

Caso você já possua um plano odontológico, marque uma consulta para avaliação.

Não tendo disponível, sugira para o departamento de recursos humanos da sua empresa buscar por plano odontologico empresarial preços e adicionar à sua lista de benefícios.

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.