Como reconhecer o âmbar e evitar falsificações

Como reconhecer o âmbar e evitar falsificações

O verdadeiro âmbar é caro e é uma das pedras mais falsificadas. Especialmente em mercados de pulgas, leilões ou sites de revenda, está cheio de falsos vendedores de âmbar. Saber reconhecer o âmbar verdadeiro pode ser particularmente útil se você optar por comprar jóias não certificadas.

Âmbar: características

O âmbar difere de outras gemas por ser particularmente leve, quente ao toque e delicado. Não é um mineral, mas uma resina fóssil semi-opaca ou translúcida definida como uma pedra orgânica. Gemas orgânicas são criadas ou derivadas de organismos vivos. Como o âmbar não é uma substância pura e pode ser de diferentes tipos, sua fórmula química não está bem definida. O básico é C 10 H 16 O, e a composição química em relação ao peso molecular total do âmbar varia da seguinte forma:

Âmbar: como reconhecê-lo

Devido ao alto preço, já no século 19, o primeiro método de obter substitutos da pedra âmbar báltico confusos à primeira vista foi desenvolvido. As falsificações podem ser artificiais, sintéticas, mas também naturais. Felizmente, graças às características listadas acima, existem métodos para verificar a autenticidade da pedra. Aqui estão alguns testes que você pode fazer:

  1. teste: eu atraio

Verificação das propriedades eletrostáticas do âmbar. A pedra natural esfregada com um pano macio atrai partículas de poeira ou pequenos pedaços de papel – o plástico em 95% dos casos não apresenta características semelhantes.

  1. teste: flutuabilidade

O âmbar é muito leve e flutua na água salgada. Para fazer este teste, prepare uma solução na proporção de 25g de sal para 250ml de água ou use água do mar. O verdadeiro âmbar flutua para a superfície, ou eventualmente afunda lentamente, dependendo do seu peso. Atenção! Se a joia também possuir elementos de prata, outras pedras ou metais, este teste não pode ser realizado.

  1. teste: acetona

O âmbar é uma pedra muito delicada, mas não deve reagir ao entrar em contato com a acetona. Se, por outro lado, colocarmos algumas gotas de acetona no copal, ele começará a derreter e ficar áspero. O verdadeiro âmbar também não se dissolve em álcool ou éter etílico.

  1. teste: raios UV

O âmbar pode ser verificado sob os raios UV. A luz UV deve tornar a cor levemente azul ou amarelo-mel. O copal fica branco, e qualquer plástico não muda de cor.

  1. teste: queimar

O teste de queima consiste simplesmente em aproximar o âmbar da chama. Para fazer isso, você só precisa de um isqueiro ou uma vela. Se a pedra cheirar mal, significa que é de plástico. A pasta âmbar fica preta, mas não tem cheiro. Por outro lado, o verdadeiro colar de âmbar aquece e exala um cheiro bom e distinto.

  1. teste: agulha quente

Este teste funciona de forma semelhante ao anterior, mas não coloca o objeto em risco de danos muito graves. Basta aquecer uma agulha e introduzi-la na amostra âmbar que deseja testar. Âmbar ou copal exalam um aroma resinoso.

  1. teste: dureza

O âmbar é uma pedra muito macia, mas o copal é muito mais e para distingui-lo basta aplicar pressão com a unha. Uma marca permanecerá no copal enquanto no âmbar não.

  1. teste: sabor

O verdadeiro âmbar tem um sabor levemente agradável, enquanto as imitações terão um sabor químico e desagradável. Para fazer este teste, lave bem a pedra e tente saboreá-la. Pode ser difícil de entender, mas o benefício desse teste é que ele não danifica a gema.

  1. teste: inclusões

As inclusões em âmbar são bastante raras e tornam as pedras muito caras. Os insetos ou plantas dentro são verdadeiros tesouros da história. É por isso que muitas vezes eles devem ser falsificados. Atualmente é possível identificar essas raridades em colar de âmbar e pulseiras. Se estamos lidando com uma imitação chinesa, cada teste da lista revela a verdade. Por outro lado, se for um âmbar aquecido com a inclusão perfeitamente inserida, será difícil dizer se é verdade. 

  1. teste: luz polarizada

É difícil fazer este teste porque requer o uso de uma luz específica, como a de um microscópio. No corpo âmbar, as cores do arco-íris devem se seguir pelas partes transparentes do material. Aconselhamos que você tenha cuidado e tome cuidado com pedaços de âmbar contendo insetos muito grandes, porque logicamente um grande inseto caído em uma fundição de resina teria força para se libertar

Âmbar verdadeiro ou falso

Os materiais mais utilizados para falsificar o âmbar são: celulóide, erinoide, copal, baquelite, galalita, metacrilato e polimetacrilato (conhecido como “plexiglass”), poliestireno e poliéster. Para evitar comprar uma imitação, compre apenas em joalheiros que possam mostrar um certificado de autenticidade emitido pela International Amber Association. Para concluir, lembre-se de que nenhum âmbar falso pode superar a beleza do maravilhoso âmbar natural.