Saúde ocupacional: a importância do calçado de segurança

Saúde ocupacional: a importância do calçado de segurança

Os calçados de segurança são projetados para proteger os trabalhadores de acidentes que possam ocorrer durante suas manobras. Existem vários tipos e cada um deles é adaptado a um ambiente de intervenção específico.

Então, qual é a importância de usar calçados de segurança? Quais são os critérios essenciais a ter em conta na escolha de um modelo na indústria da construção?

A importância dos calçados de segurança no local de trabalho

Como profissional, é importante lembrar de usar calçados de segurança para se proteger contra possíveis riscos ocupacionais. Isto é especialmente válido para quem exerce uma atividade em que o trabalhador deve intervir nos estaleiros. Isso inclui as áreas de construção e eletricidade, cozinha, trabalho florestal, oficinas de manufatura, etc.

Esses calçados são elaborados com materiais muito resistentes para proteger com eficácia os pés do trabalhador. De fato, pode acontecer que, durante certas manobras, os profissionais sejam vítimas de lesões, lacerações ou fraturas nos pés. Os calçados de segurança oferecem proteção ideal para os pés, são robustos e protegem contra impactos. 

A maioria dos modelos é à prova d’água e resistente a perfurações e abrasão. Alguns sapatos são até resistentes aos hidrocarbonetos. Além da proteção, esses calçados também garantem uma boa higiene e excelente conforto para os pés. Além disso, ajudam a reduzir a dor nas costas.

Como o uso de calçados de segurança reduz a dor nas costas?

Em alguns ofícios, em função da postura adotada ou das diferentes tarefas a serem desempenhadas, os policiais podem ser vítimas de dores nas costas. O uso de sapatos de segurança específicos pode remediar isso. 

Eles mantêm o corpo em uma boa postura para reduzir o risco de dor lombar. Ao contrário dos modelos clássicos tais como sapato social masculino, estes são equipados com solas próprias para uso profissional com biqueira de proteção. Isso pode suportar choques de até 200 Joules.

Graças à propriedade antiderrapante das solas, estes calçados promovem uma boa aderência dos pés ao solo. Assim, evita-se qualquer risco de escorregamento, que pode levar a movimentos falsos que podem impactar as costas ou outras articulações subjacentes (quadris ou joelhos). 

Ao fazer compras, prefira sapatos com solas fortes e flexíveis . Isso reduz drasticamente a dor sob os pés que poderia fazer com que o trabalhador compensasse adotando uma postura inadequada.

Como escolher seu calçado de segurança na construção civil?

Existem vários tipos de calçados de segurança (S1, S1P, S2, S3, S4…) adequados para diferentes setores de atividade profissional. A construção civil reúne diversos ramos de atividade, entre eles: azulejaria, alvenaria, condutores, carpinteiros, encarregado de obras, etc. São trabalhos que requerem intervenção interna, mas também externa. Você deve então escolher esses acessórios de acordo com o ambiente em que irá trabalhar.

Assim, os sapatos do tipo S1 são confortáveis ​​e adequados para o trabalho a ser realizado em um ambiente de baixa sujeira. Têm a vantagem de serem leves e flexíveis. 

Se houver risco de perfuração no ambiente em que deseja trabalhar, opte por calçados de segurança S1P.. Em ambientes mais sujos, os sapatos de segurança S3 são os mais recomendados. 

Eles são feitos de materiais lisos e repelentes de água. Eles também são adequados para trabalhar em locais ao ar livre. Pode optar pelos modelos S3 verticais, fáceis de limpar e caracterizados por uma sola dentada. 

São mais volumosos, mais resistentes e adaptam-se a diversas situações. Existem também as botas de segurança S4 e S5, destinadas aos profissionais que atuam em áreas de alta umidade. Ao comprar, certifique-se de que os sapatos que você escolher atendem ao padrão EN ISO 20345 .