Veja essas dicas de como acelerar o metabolismo das suas crianças com sobrepeso

A obesidade é um problema muito sério para o brasileiro, e mais ainda quando ela aflige crianças, afinal, nesta idade as crianças estão mais sensíveis a certas condições físicas, e elas podem deixar sequelas muito sérias para o futuro.

Segundo o Mec, no Brasil, 9,4% das meninas e 12,4% dos meninos são considerados obesos, e a obesidade infantil é um mal que deve ser combatido pensando tanto no agora quanto no futuro da pessoa, é uma questão que deve ser levantada lá dentro é a do metabolismo.

O Metabolismo é algo que pode prejudicar ou ajudar muito no combate à obesidade infantil, e é muito importante que os pais auxiliem as crianças a manterem ele acelerado, e por isso hoje vamos dar algumas dicas de como fazer isso de forma saudável.

Atividades físicas

A primeira coisa que você vai ouvir de qualquer nutricionista ou professor de academia, é que praticar atividades físicas é a coisa mais importante para manter uma criança com o metabolismo ativo.

A dieta é importante e vamos falar disso também, mas especialmente na juventude, estar sempre em movimento é muito importante E é de se entender que nem toda criança vai ter ânimo para se exercitar, e exatamente por isso é importante que os pais encontrem uma forma divertida dos filhos fazerem isso.

A forma mais recomendada é um esporte que ela goste, e aí existem diversos, inclusive não se pode descartar a natação, que nem sempre é lembrado pelos pais e é algo que praticamente toda criança aprecia.

O importante é encontrar alguma coisa que a criança vá fazer por gosto, e transformar aquilo em um hábito, que vai ser repetido sempre, e dessa forma com o corpo sempre em movimento, o metabolismo vai ficar sempre ativo

Evite comida processada

A comida processada é o pior inimigo na saúde de uma criança. É o tipo de comida rápida, açucarada e gordurosa, e por isso as crianças amam e os pais acham super prático, o problema é que isso cobra um preço gigantesco diretamente na saúde dos pequenos.

Faz mal para a pressão, pode causar diabetes e definitivamente acaba com o metabolismo da criança, que começa a ficar com menos energia.

E é exatamente aí que tudo fica mais difícil, porque não é apenas a questão de atrapalhar o metabolismo pela parte da alimentação ruim, mas a alimentação ruim causa sobrepeso, e o efeito disso é a perda do ânimo para atividades físicas, e isso vai fazer com que tudo se comprometa ainda mais.

Além disso, o custo de vida vai ficar mais barato, visto que alimentos processados tendem a ser mais caros. Por exemplo, se a pessoa pegar o dinheiro que poderia comprar cesta básica e gastar em alimentos processados, ela vai ter bem menos itens, ou seja, desperdiçando dinheiro.

Portanto, não se esqueça: sempre que algo for processado, a melhor coisa a se fazer é optar por algo mais natural.

Comer mais comidas naturais

Ainda sobre o assunto da comida, temos que falar também sobre comidas naturais. Existe um problema gigantesco entre as crianças quanto ao vício em refrigerantes. Basta dar um gole e você vai ter um pequeno que vai sempre optar pela bebida açucarada.

O problema é que isso afasta a criança doa alimentos naturais, como sucos por exemplo, e alimentos naturais é o que vão fazer com que o metabolismo da criança esteja mais ativo.

Não só pela questão de alimento por si só, mas também por dar energia para que ela possa fazer mais exercício e esteja sempre ativa no dia a dia.

Por isso sucos naturais, vegetais, frutas e legumes são os mais recomendados. E claro, nem sempre vai ser fácil fazer a criança querer comer isso, ainda mais e ela já sabe do sabor das comidas prejudiciais, mas isso é um trabalho de paciência e também de cozinha, e encontrar formas de fazer pratos naturais e saudáveis para as crianças.

Uma mudança de vida

Além de exercícios físicos existem pequenas coisas que nós podemos fazer no nosso dia a dia para torná-lo mais saudável. Se você mora em apartamento, pegue mais a escada com seu filho, faça com que vocês caminhem mais ao invés de apenas andar de carro.

E não se engane, essa mudança tem que passar pelos pais também, e por todos que convivem com a criança. A ideia de preparar um prato saudável para o filho, e sentar à mesa para comer com ele como seu prato tendo comidas processadas pode desmotivar completamente a criança a comer, seja pela cara do prato, pelos cheiros e tudo mais.

Os pais precisam também mostrar para o filho que ter uma vida mais saudável é algo necessário, e para mostrar isso eles precisam também andar na linha. Afinal, crianças precisam de exemplo, e o exemplo partindo dos pais ou responsáveis é o mais forte possível.