7 dicas para montar um planejamento de marketing

7 dicas para montar um planejamento de marketing

Um bom planejamento de marketing é essencial para o sucesso das estratégias e de todo o investimento nessas ações. Aliás, investir em marketing é fundamental para qualquer empreendimento que queira alcançar o sucesso.

Independentemente de seu porte ou segmento, somente o marketing é capaz de levar ao conhecimento do público, todas as marcas, produtos e serviços que existem no mercado.

Qualquer empresa que não investe em marketing, acaba caindo no ostracismo e perdendo boas oportunidades de vendas para seus concorrentes. Mas para que essas estratégias realmente funcionem, é fundamental planejá-las.

Do ponto de vista corporativo, o planejamento é responsável por acelerar o crescimento do negócio, ajudá-lo a bater suas metas e potencializar as vendas. Consequentemente, o projeto terá mais visibilidade e será bem aceito pelo público.

Mas mesmo que esse processo seja algo muito importante, ainda existem empreendedores e gestores que não compreendem sua importância e a necessidade de trabalhá-lo.

No entanto, sem ele, a companhia corre o risco de perder tempo e dinheiro e não chegar a lugar nenhum.

Pensando nisso, vamos explicar a importância do planejamento de marketing e dar algumas dicas para montá-lo.

Importância do planejamento de marketing

O planejamento de marketing é um documento utilizado para estudar, identificar e organizar as estratégias para que elas realmente ajudem o negócio a alcançar seus objetivos.

Esse recurso também ajuda a definir a identidade da empresa, o tipo de posição que ela assume no mercado, avaliar seus resultados e definir o que funciona ou não para a corporação.

Uma empresa especializada em sistema rastreador veicular precisa de um bom planejamento de marketing para valorizar ainda mais os recursos financeiros, evitar caminhos errados e melhorar a venda de seus produtos.

No entanto, o mau aproveitamento das ferramentas de marketing pode simplesmente prejudicar os resultados porque muitas ações serão direcionadas para o perfil do cliente errado.

Consequentemente, a companhia vai lidar com investimentos desnecessários, redução do retorno sobre os investimentos e problemas para o faturamento.

Nesse sentido, fazer um bom planejamento de marketing é uma forma de conseguir mais espaço no mercado, sendo uma ferramenta que pode ser aplicada em diferentes locais e ambientes, tanto online quanto offline.

O negócio pode alcançar grandes proporções, por conta de todas as vantagens que o planejamento pode trazer, tais como:

Aumento da competitividade

Um dos maiores benefícios de um bom planejamento de marketing é o aumento da competitividade do negócio no mercado, algo fundamental para o sucesso de suas decisões e projetos.

Se a corporação sabe planejar suas estratégias de marketing, então será muito mais competitiva perante os concorrentes. Uma creche hotel para cachorro precisa de programas e de promoção bem estruturados e planejados, de acordo com seu perfil.

Isso faz com que os produtos e serviços sejam bem-vistos no mercado e os consumidores enxergam a empresa como a melhor opção para suas necessidades.

Torna o trabalho mais organizado

Outra vantagem do planejamento de marketing é o fato de que ele é fundamental para organizar o trabalho dentro da empresa. O documento funciona como uma ferramenta que define todas as fases dos projetos, como eles devem ser trabalhados e o prazo de conclusão.

Toda a equipe consegue compreender os objetivos do negócio e assegura que suas ações sejam bem planejadas e executadas, e assim alcançar o objetivo final.

Melhora a definição de metas e objetivos

O planejamento de marketing ajuda a criar uma visão de mercado e tudo o que envolve o negócio, de maneira mais clara. Dessa forma, ajuda a traçar metas e objetivos estratégicos e que trazem bons resultados para a corporação.

Sem falar no fato de que os gestores serão capazes de definir prazos e ações todos os meses que precisam ser cumpridos para gerar vendas e atrair clientes.

Como fazer um planejamento de marketing

Para fazer um bom planejamento de marketing, uma clínica de harmonização facial definitiva deve colocar em prática o seguinte passo a passo:

1.    Fazer um diagnóstico do negócio

A primeira coisa a ser feita é olhar para dentro do negócio e fazer um resumo da situação atual dele, considerando várias informações, como:

  • Estrutura da empresa;
  • Número de colaboradores;
  • Volume de vendas;
  • Histórico de faturamento;
  • Recursos;
  • Posicionamento atual;
  • Objetivos da gestão.

É necessário fazer essa descrição do negócio e uma análise profunda em relação aos seus pontos fortes e fracos, bem como ameaças e oportunidades, que podem ser reunidos por meio da Análise SWOT.

2.    Conhecer o ambiente do negócio

Você conhece o ambiente externo da sua empresa? O planejamento de marketing também precisa conhecer questões que envolvem o macro e o microambiente da companhia, pois eles envolvem fatores que podem afetar a atuação da marca.

O macroambiente diz respeito a fatores demográficos, econômicos, naturais, tecnológicos e socioculturais, enquanto o microambiente trata da rivalidade entre os concorrentes e o poder de barganha dos fornecedores.

Aliás, o microambiente de uma clínica de fonoaudiologia home care também trata do poder de barganha dos clientes, ameaças de novos entrantes e ameaças de novos produtos e serviços.

São fatores que podem ser combinados na construção de cenários neutros, otimistas ou pessimistas, além de elaborar estratégias que ajudam a empresa a se fortalecer e se antecipar a diferentes fatores ambientais.

3.    Conhecer os concorrentes

O microambiente também envolve os concorrentes, sendo fundamental buscar informações sobre o tipo de público que eles atendem, de que maneira se comunicam com as pessoas, como divulgam suas soluções e quais são os seus resultados.

Essas informações ajudam a obter insights para as estratégias, antecipam o seu negócio em relação às tendências do mercado, mostram a fatia que sua empresa está recebendo e se ela possui vantagem competitiva.

4.    Conhecer o público e a persona

Agora que uma empresa de vigilância patrimonial já sabe quem são seus concorrentes e como é o mercado, já tem meio caminho andado para definir o público de suas estratégias.

Este se refere ao grupo de consumidores que possuem características comportamentais, demográficas e psicográficas semelhantes e para quem a organização vai direcionar suas estratégias de marketing.

Para definir o público-alvo, é necessário identificar grupos de consumidores que possuem as mesmas necessidades e algumas características semelhantes.

A persona, por sua vez, é um personagem semi fictício que representa o cliente ideal da empresa. Ela reúne características mais aprofundadas, além de valores e expectativas que realmente afetam os clientes do negócio.

A marca precisa considerar a jornada de compra da sua persona, que nada mais é do que a trajetória que seus clientes percorrem, desde o momento em que descobrem uma necessidade até o fechamento da compra.

É assim que uma clínica de acupuntura gatos vai mapear os conteúdos, as abordagens utilizadas e os canais necessários para suas campanhas de marketing.

5.    Definir os objetivos

Para que as estratégias de marketing sejam realmente um sucesso, é fundamental definir os objetivos do negócio, e eles precisam ser específicos, mensuráveis, atingíveis, realistas e com prazo definido.

Qualquer planejamento de marketing que siga essa orientação terá objetivos mais fáceis de serem alcançados, o que acaba aumentando a motivação da equipe e otimizando os recursos investidos.

6.    Escolher os indicadores de desempenho

Os indicadores de desempenho (KPI) são fundamentais para acompanhar o andamento das estratégias e saber se elas estão trazendo os resultados esperados.

Eles estão diretamente relacionados aos objetivos de um restaurante festa aniversário e mostram se a companhia está no caminho certo e vai conseguir chegar onde pretende.

7.    Determinar as estratégias

As estratégias representam a maneira como o seu negócio vai alcançar os seus objetivos. Por exemplo, se a marca pretende gerar uma quantidade x de leads no próximo mês, deve investir em inbound marketing, marketing de conteúdo e SEO.

As estratégias devem se basear no produto ou serviço, no preço cobrado por eles, nos estabelecimentos onde eles são distribuídos e no modo como são promovidos.

É assim que uma clínica de andrologia vai conseguir se colocar no mercado do jeito certo e se manter alinhada com o posicionamento de seu público.

A organização pode apenas delinear as principais estratégias e detalhá-las em nível tático e por meio de planos específicos.

Considerações finais

Um bom planejamento de marketing também precisa de uma definição de orçamento, elaboração de um cronograma e delegação de tarefas para os devidos responsáveis.

Quanto às estratégias, elas precisam ser escolhidas de acordo com os objetivos que o seu negócio pretende alcançar, lembrando que elas precisam ter um prazo para se concretizarem.

O planejamento é um documento muito importante para otimizar os investimentos em marketing digital, fazer com que a sua marca se torne conhecida pelo público certo e ajudá-la a crescer.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.