Como o corretor de imóveis deve usar as redes sociais?

O uso das redes sociais, cada vez mais presente em nosso cotidiano, vem transformando a maneira como nos relacionamos com o mundo. E a profissão de corretor de imóveis também vem sendo impactada pelo que conhecemos como marketing digital.

No entanto, quanto mais o conhecimento acerca das redes sociais se expande, maiores são os desafios que profissionais, como o corretor de imóveis, encontram para utilizar esse tipo de mídia a seu favor. Conheça nesse texto algumas das principais dicas sobre como utilizar redes como LinkedIn, Facebook e Instagram a seu favor.

Dica 01: Encontre a rede social mais adequada

Existem incontáveis opções de redes sociais para um corretor de imóveis se destacar. No entanto, é preciso saber identificar onde estão localizados seus potenciais clientes e estabelecer um objetivo para cada perfil criado.

É interessante que, independente da escolha por Facebook, Instagram, Pinterest, LinkedIn, Twitter ou TikTok, que a sua rede social tenha um aspecto mais profissional e que transmita segurança e confiabilidade para os seus visitantes.

É dessa forma que crescem as oportunidades de se fazer networking com outros profissionais do setor e de conquistar novos leads qualificados, que podem vir a se converter em uma venda.

Dica 02: Qualidade é mais importante do que quantidade

Essa dica é válida para que nenhum corretor de imóveis perca tempo produzindo conteúdo apenas por produzir e para não deixar sua rede social parada. Muitas vezes, criar alguns conteúdos mais periódicos e realmente atrativos e interessantes vale mais a pena do que abastecer seu perfil com informações desinteressantes e que gerem baixo engajamento.

Além do mais, não se esqueça de utilizar imagens com boa resolução, legendas que desafiem seus usuários a engajar e, claro, se atentar ao bom uso da língua portuguesa, já que eventuais erros ortográficos e gramaticais podem comprometer a qualidade do seu trabalho.

Dica 03: Criatividade é a palavra-chave

Inovação é a palavra-chave de sucesso de cada vez mais profissionais, e com o corretor de imóveis nas redes sociais não tende a ser diferente. Busque inovar na criação do seu conteúdo, falando sobre temas como:

  • Informações sobre os bairros onde ficam os imóveis que você está disponibilizando para venda, explorando seus atrativos, diferenciais e curiosidades;
  • Dar orientações sobre questões burocráticas, como financiamento e programas governamentais de acesso à moradia;
  • Colocar em debate discussões como prós e contra de alugar ou comprar uma casa;
  • Falar sobre os aspectos mais importantes da vistoria;
  • Dar dicas domésticas, como decoração e como deixar um imóvel mais funcional.

Dica 04: Fique de olho nas métricas

Produção de conteúdo para redes sociais também requer conhecimentos mais operacionais, como análise de métricas. Só assim é possível entender seus resultados, possibilitando que o corretor de imóveis reveja as estratégias que não têm dado certo ou compreenda qual tipo de conteúdo traz maior engajamento.

Com essas dicas básicas, é possível escolher uma ou mais redes sociais e criar um perfil profissional para você, corretor de imóveis, conseguir cada vez mais reconhecimento e clientes na sua cartela.

As redes sociais vieram pra ficar e, seja qual for a empresa, ninguém pode ficar de fora. Em muitas vezes, o crescimento de uma empresa está relacionado ao engajamento orgânico do seu público nas redes sem que isso signifique grandes investimentos na área de marketing digital.