O papel do sono no desenvolvimento bucal das crianças

O papel do sono no desenvolvimento bucal das crianças

Torna-se imprescindível que os pais se atentem à saúde bucal dos pequenos, principalmente porque a escovação pode ser vista como um ato de terror. Entenda a importância de cuidar da saúde bucal infantil, saiba como pode afetar o desenvolvimento bucal das crianças.

Quais são os problemas bucais mais comuns que ocorrem nas crianças? 

É extremamente importante que os pais auxiliem os infantes no momento da higienização bucal, fazendo a visualização se estão fazendo de maneira correta e sempre levando a criança a uma clínica odontologica.

  1. Cáries

As cáries, são doenças bucais mais conhecidas e acometidas na infância, são comuns por vários motivos, inclusive o acúmulo de placas bacterianas, devido às dificuldades que a criança encontra ao realizar a escovação e higienização completa.

  1. Gengivite 

Esse acúmulo de placas bacterianas, também pode causar a gengivite uma inflamação nos tecidos gengivais.

A coloração da gengiva pode ficar mais avermelhada e até mesmo sangrar quando realizar a escovação, sendo necessário a consulta com o especialista em gengiva retraída.

  1. Consumo excessivo de açúcar

O consumo excessivo de doces ou alimentos com alta concentração de açúcar colaboram para o acúmulo de placas, que podem evoluir para uma lesão de cárie e até mesmo a gengivite.

Outro problema que pode ocorrer na infância, é a perda precoce dos dentes de leite.

Seja por um trauma que a criança teve ou até mesmo por uma lesão de cárie, podendo afetar a criança em relação ao desenvolvimento bucal e até mesmo sendo prejudicial na mastigação e na fala.

As visitas regularmente a até a clínica de dentista, é extremamente importante, porque são nessas consultas que é possível fazer avaliação da higiene bucal reforçando a orientação.

Nessas consultas, também é possível identificar se o paciente tem lesão de mancha branca, que já é um indício de cárie.

Quando diagnosticada no início poderá fazer um tratamento mais rápido evitando o canal. 

  1. Bruxismo infantil

O bruxismo infantil pode ser ocorrido se associando com o apertamento dos dentes ou até mesmo o ranger deles, ambos movimentos estão associados ao bruxismo.

Ele pode acontecer tanto no período noturno, quanto no diurno, fazendo com que a criança tenha o ranger dos dentes no momento do sono ou a quando estão concentradas realizando as suas atividades diurnas.

Causas do bruxismo infantil

As questões respiratórias podem estar ligadas ao bruxismo infantil, uma adenoide, ou seja, a carne esponjosa que está muito grande ou as amígdalas inchadas.

Essas situações, podem atrapalhar na passagem do ar, causando uma dificuldade de respiração, podendo resultar ao bruxismo, pelo estresse causado.

Os fatores emocionais também podem estar associados, como estresse, ansiedade, ou seja, aquelas crianças que passam por processos difíceis. Pode ser mais suscetíveis aqueles pequenos que têm de transtornos, como:

  • TDAH: Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade;
  • Crianças autistas;
  • Distúrbios neurológicos;
  • Sonambulismo.

Essas são crianças que podem ter uma probabilidade maior de manifestar o bruxismo, porque essas questões geram um estresse, fazendo com que a criança desconte quando estiver dormindo.

Tratamentos

Primeiro, é necessário fazer a identificação do fator causador do problema, descobrindo e fazendo um tratamento da causa, o bruxismo passa a ser tratado.

Irá depender do encaminhamento para a odontopediatra, mais conhecido como dentista para criança irá fazer.

  1. Plaquinhas de acrílico

Pode ser feito o uso de plaquinhas de acrílico, para que na hora do sono tenha uma diminuição dos fluídos. Geralmente essas placas são indicadas caso as crianças estejam tendo um desgaste significativo nos dentes de leite. 

Ela servirá como uma proteção fazendo o que a criança ou o bebê, não tenha um desgaste nos dentes e não desenvolva dores musculares, se atente com que o dentista de bebe irá indicar ao seu filho.

  1. Psicólogo

Se o problema for emocional, o dentista irá fazer o encaminhamento para profissionais que realizam terapias psicológicas, a partir disso, poderá aliviar os estresses emocionais da criança.

  1. Pet terapia

O tratamento também pode ser feito através do pet terapia, que é a terapia com animais.

Os pais podem adotar ou comprar um animal para que a criança possa liberar o hormônio ocitocina, conhecido como o hormônio da felicidade.

Após a criança ter um bichinho para brincar, para ser amado e amar, passará a melhorar até mesmo a sua qualidade de sono.

O sono está fortemente ligado à saúde bucal das crianças principalmente com relação ao bruxismo.

  1. Uma excelente noite de sono

É necessário fazer com que a criança tenha o sono mais tranquilo e relaxado possível, estimulando o desligamento de aparelhos eletrônicos e luzes da casa alguns minutos antes de dormir, é importante fazer com que a criança fique menos agitada possível, evitando brincadeiras que deixam muito inspiradas.

O sono é extremamente importante no desenvolvimento infantil, porque é durante ele que a criança pode desenvolver o seu lado intelectual e cognitivo.

Um bom banho é uma forma excelente para que a criança possa relaxar e dormir com tranquilidade podendo evitar diversos problemas.Conteúdo desenvolvido pela equipe do Status Fit Center, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.