7 dicas para escolher o melhor hotel para viajar com crianças

Veja neste artigo dicas essenciais para viajar com seus filhos. 

Viajar com crianças pequenas é sempre um desafio e requer cuidados extras. No entanto, é sempre uma delícia aproveitar momentos de lazer e diversão juntos com seus filhos.

Por este motivo, montamos o artigo abaixo para guiá-lo e dar algumas dicas do que e como fazer neste período de descanso. 

Primeiramente, o mais importante de tudo é focar numa viagem que seja boa também para a criança. Por isso, seria bom ir para um lugar que tenha programas divertidos, como se hospedar em um resort com espaço kids ou optar por cidades praianas e coisas do tipo para garantir a diversão do seu pequeno.

  1. Planeje bem sua viagem

Essa dica valiosa serve para qualquer situação, não somente para as famílias que estão viajando com as crianças.

Ao fazer um bom planejamento de viagem, você consegue saber de forma antecipada os programas para toda a família e também planejar os momentos para seu pequeno se divertir.

Além disso, um bom planejamento também ocasiona uma boa escolha de um meio de hospedagem, que é de extrema importância para quem viaja com crianças.

  1. Evite lugares monótonos

Os adultos muitas vezes querem viajar para um lugar apenas para relaxar e recarregar as baterias antes de voltar para a rotina.

No entanto, as crianças não sofrem desse problema e sempre estão repletas de energia. Crianças gostam de correr, pular, brincar, explorar e descobrir novos lugares.

Uma viagem dificilmente será chata para os adultos, mas reservar um chalé numa montanha pode parecer tedioso para uma criança. Por isso, pense bem em qual região você vai ficar, qual hospedagem deseja reservar e se esses lugares podem oferecer diversão para seus filhos.

  1. Separe uma mochila para “emergências”

Antes de tudo, devemos saber que essa bolsa para certas ocasiões também é indicada no dia a dia, não só na viagem.

É bom preparar essa bolsa com alguns itens que podem ser essenciais. Um kit de primeiros socorros é bastante indicado. Se a criança for pequena, é interessante colocar também papinha e mamadeira. Caso ela seja maior, biscoitos, frutas e um suquinho podem ser um lanche de grande ajuda.

  1. Se prepare para imprevistos

Se você for pai ou mãe já deve ter percebido que, ao se tratar de crianças, imprevistos sempre acontecem. Por isso, não pense que numa viagem será completamente diferente. 

Além dos fatores que podem ocorrer por conta de estar viajando com uma criança pequena, ainda existem os imprevistos de viagem. Um voo pode ser cancelado, o clima pode não colaborar, a hospedagem pode ter problemas e outras inúmeras coisas podem acontecer.

Nessas situações, é importante se manter focado e calmo, pois as crianças conseguem perceber a tensão mais fácil do que imaginamos. Para evitar o estresse das crianças, é bom tentar levar as adversidades que podem ser apresentadas com bom-humor.

  1. Cuidados com piscina e mar

Todos os pais sabem os perigos que as piscinas e as praias oferecem não só para crianças pequenas, mas também para os adultos.

A fim de evitar acidentes, antes de iniciar sua viagem, invista em boias, canudos de piscina ou pranchas, pois esses objetos ajudam na diversão das crianças e ajudam a evitar esses acidentes. 

A maioria dos hotéis que contam com piscina, também possuem uma piscina infantil. Nesses casos, os pais podem ficar bem menos preocupados.

Porém, nas praias, o perigo pode ser maior. Por isso, invista nos itens citados acima e procure sempre ficar ao lado da criança e também próximo ao salva-vidas.

  1. Atenção com os documentos 

Os documentos são de extrema importância, pois, com a ausência de um deles, a criança pode ser proibida de embarcar e a viagem pode acabar indo ladeira abaixo.

Em casos de viagens nacionais, ou seja, viagens dentro do território brasileiro, o menor deve estar munido do RG ou da certidão de nascimento, e os pais devem ter documentos que comprovem o vínculo com a criança.

Para viagens internacionais, excetuando alguns países da América do Sul, o menor também precisa do passaporte, pois esse será o documento que comprova sua identidade e sua ligação com os pais.

  1. Faça uma lista dos itens que devem ser levados

É claro que quando se envolve uma criança pequena, muitos itens acabam indo junto na viagem, seja roupa de frio e calor, remédio, lanches e o que for necessário.

Por esse motivo, ao preparar as malas, faça uma lista e marque com um X tudo que já está incluso, assim fica mais fácil de evitar esquecimentos.